RADAR GENEBRA – Boletim Semanal

78a. Edição – 5 a 9 de novembro de 2018

Publicação semanal elaborada pela Turma do Programa de Formação Complementar e Pesquisa em Comércio Internacional mantido pela Delegação do Brasil junto à OMC.  O documento visa traçar um panorama não exaustivo dos principais acontecimentos nos temas de acompanhamento deste posto diplomático, destacando notícias relevantes, publicações recentes e eventos de interesse que ocorrerão em Genebra e outras localidades. Para acompanhar nossa atuação nos fóruns multilaterais em Genebra, siga também a Missão do Brasil junto à OMC e outros Organismos Econômicos Internacionais nas redes digitais!  https://www.facebook.com/BrasilOMC/

Para a íntegra desta edição:  https://drive.google.com/open?id=1EJ-hPH0RfKHQSIdcPs0VjHYFSmald1sV

AS ELEIÇÕES E A CRISE

A sociedade brasileira ainda não se deu conta da gravidade e da profundidade da crise em que o país se encontra e dos desafios que o novo governo deverá enfrentar.

As demandas internas são semelhantes àquelas que tiveram influência decisiva nas eleições americanas, na Argentina, na Colômbia e no México: descontentamento generalizado com a corrupção em todos os níveis, com a crescente violência, pobreza e desigualdade entre as pessoas e regiões. A percepção da injustiça (enquanto muitos trabalham, outros continuam a roubar),  da falência do Estado (que cresceu muito, aumenta impostos e oferece serviços ineficientes), da desordem pública (com a desobediência às leis), do custo e do tempo perdido com a burocracia crescente, entre outros fatores, gerou o clima que, como em outros países, fez com que os eleitores “ficassem contra tudo que está aí”. As preocupações se concentraram sobretudo na necessidade de estabilidade econômica, austeridade fiscal e governança da administração pública. A nossa carga tributária é uma das maiores do mundo, a economia permanece fechada e a desindustrialização afeta todos os setores. O país dividido entre o “nós e o eles”, a classe política, o Congresso e mesmo o Judiciário com baixo nível de aceitação pela opinião pública expuseram as flagrantes deficiências do governo.

Na recente campanha, os candidatos pouco focaram nesses temas, nem demonstraram liderança política clara que pensasse e atuasse com visão de futuro para indicar os caminhos do crescimento e do emprego. Alguns temas passaram longe das preocupações dos candidatos. Defesa, Política Externa, Comércio Exterior e (mais…)

LANÇAMENTO DE NOVO LIVRO PELO EMBAIXADOR RUBENS BARBOSA

A FGV Editora tem a satisfação convidar para os lançamentos do novo livro do Embaixador Rubens Barbosa “Um Diplomata a Serviço do Estado – Na Defesa do Interesse Nacional”, livro com depoimentos ao CDPOC da FGV sobre seu percurso diplomático. Os eventos acontecerão nos dias 20, em Brasilia, 26 no Rio de Janeiro e 27 em São Paulo.

 

CEBRI: Convite para Café da Manhã – dia 03 de outubro

O Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI) tem a satisfação de convidar para um café da manhã com o Embaixador Rubens Barbosa, a ser realizado no dia 03 de outubro (quarta-feira) com início às 9:30hrs, na Sede do CEBRI, Rio de Janeiro. Interessados deverão confirmar participação pelo e-mail rsvp@cebri.org.br, ou pelo telefone (21) 2206-4411 (Beatriz Garcia).
Welcome coffee: das 9h30 às 10h00
Palestra: 10h00 às 12h00
Local: Sede do CEBRI – Rua Marquês de São Vicente, 336 – Gávea – Rio de Janeiro

O BRICS e o Brasil – Seminário

Sobre o tema O BRICS e o Brasil, o seminário  realizado nesta sexta feira pela Fundação Alexandre de Gusmão-FUNAG e o Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior-IRICE  despertou forte interesse pela plateia, que contou com presença maciça de representantes consulares, pesquisadores, empresários, professores e universitários. Na ocasião foram discutidos, dentre outras questões de grande relevância sobre o tema, as perspectivas do BRICS para o Brasil e a visão econômica do grupo com relação ao papel da China.
SEMINÁRIO – “O BRICS E O BRASIL” – 14 de setembro de 2018

SEMINÁRIO – “O BRICS E O BRASIL” – 14 de setembro de 2018

Com a presença dos embaixadores Marcos Galvão, Secretário Geral das Relações Exteriores, Rubens Barbosa, presidente do IRICE, do ministro Kenneth Nóbrega, encarregado do tema no Itamaraty, e do economista Renato Baumann, Secretário-Adjunto de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, a Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG) e o Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior (IRICE), com (mais…)

CORREIO BRAZILIENSE

Do Correio Braziliense – Por Rosana Hessel, Reporter de Economia

Rubens Barbosa aponta caminhos para recuperar o protagonismo internacional.  “O Brasil é uma das 10 maiores economias do mundo e, em termos geopolíticos, tem que restabelecer sua importância e sua posição no mundo, encontrando um lugar adequado como líder regional”, disse o Embaixador Rubens Barbosa  //www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2018/08/31/internas_economia,703026/rubens-barbosa-aponta-caminhos-recuperar-protagonismo-internacional.shtml

REUNIÃO PRESIDENCIAL DO BRICS

Por Rubens Barbosa

O BRICS, grupo integrado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, realizou sua 10a. reunião de cúpula em Joanesburgo, África do Sul, no final de julho. Criado em 2006, o grupo representa 44% da população mundial, quase um quarto do território terrestre e 23% de seu PIB. São cinco países de renda média que buscam ampliar a cooperação e buscar soluções para os desafios de um mundo em profunda e rápida transformação, sem, no entanto, questionar os atuais fundamentos da Ordem política e econômica globais.
Na reunião, a cooperação com a África foi discutida e a escalada protecionista, que ameaça o livre comércio e amplia os questionamentos sobre a Organização Mundial de Comércio, foi condenada. Ambos os temas são de direto interesse do Brasil. A ameaça de guerra comercial ficou concentrada na disputa entre EUA e China. O entendimento entre os EUA e a Europa (mais…)